Fluxo de caixa para academias: 5 dicas sem segredos

Um dos maiores desafios de qualquer empresa é gerir os negócios com a certeza de que resultados positivos surjam em médio e longo prazo. 

Tomar decisões que garantam a saúde das finanças do estabelecimento faz com exista a necessidade de implementação de ferramentas e processos que melhorem a análise, principalmente da performance monetária.

O fluxo de caixa para academias é essencial para o controle de despesas, receitas e variáveis, oferecendo segurança para investimentos, aplicações, contratações, demissões, atualização de material e outros.

Além disso, todas as informações sobre os indicadores fixos e variáveis poderão ser encontradas em um único lugar, o que facilita o acesso e a gestão.

Através de tais dados, será possível estipular os valores de serviço praticados de uma maneira mais lucrativa, visto que mensurar cada passo dado dentro do caixa da academia se torna mais viável.

Trabalhar dessa forma desde a implantação do negócio facilita as coisas, mas nunca é tarde para começar. 

Por isso, mesmo que a sua academia já esteja consolidada no mercado (ou começando agora), continue lendo o nosso post para obter algumas dicas essenciais.

Fluxo de caixa para academias: controle as finanças e foque no sucesso

Otimizar as análises financeiras é essencial para atingir metas mensais e anuais, o que garante a longevidade e a sustentabilidade da academia.

Tal fator é essencial, pois é um segmento que possui variáveis significativas durante certos períodos do ano, onde o fluxo de alunos tende a diminuir nas estações mais frias. 

Com essa sazonalidade, a redução do faturamento é provável, havendo a necessidade de uma reserva financeira que arcará com as despesas e possíveis imprevistos.

Isso pode ser calculado mantendo o fluxo de controle das despesas e receitas, com registro de todas as entradas e saídas.

É preciso priorizar lucros e minimizar prejuízos, colocando o fluxo de caixa de maneira organizada, o que proporciona melhorias a longo prazo.

Para agregar ainda mais valor ao trabalho feito dentro da academia, também deve-se olhar para fora, pois o mercado é repleto de concorrentes diretos e indiretos. 

Novas oportunidades podem ser descobertas, proporcionando variáveis positivas aos resultados financeiros.

5 dicas para um fluxo de caixa mais eficiente

Selecionamos algumas dicas que complementam o que já foi abordado neste post, confira abaixo:

Verifique o seu caixa todos os dias e faça anotações pertinentes

O fechamento efetivo do caixa pode ser realizado mensalmente, dependendo de cada caso, porém anotações diárias são de extrema importância para manter o controle de tudo o que está acontecendo na academia. 

Algumas despesas possuem datas fixas de vencimento, mas também existem aquelas que aparecem quando menos se espera, então, para que nada passe despercebido, as anotações diárias são indispensáveis. 

Pense em curto, médio e longo prazo. Mas seja realista!

Criar metas atingíveis, de acordo com os objetivos da empresa, é ideal para alinhar expectativa e realidade. 

Sendo assim, passos podem ser dados de forma assertiva e com estratégias que tendem a funcionar de forma muito mais eficiente.

Tenha um planejamento

Pode parecer óbvio, mas um bom planejamento pode ocasionar resultados excelentes, sendo crucial para o desenvolvimento da academia.

Através dele será possível reter clientes, prospectar novos, realizar campanhas, planejar o futuro e muito mais.

Avaliar o que já foi feito no passado pode transformar a forma de abordagem, visando melhorias e correção de possíveis erros cometidos. 

Nenhuma atitude deve ser tomada no impulso, por isso o planejamento precisa fazer parte da realidade da empresa. 

Faça análises do capital de giro

Infelizmente, não é possível fechar um valor exato, mas, ao reunir todas as informações, uma previsão aproximada ajuda no controle. Confira algumas análises necessárias:

  • Fluxo de caixa;
  • Despesas;
  • Custos;
  • Contas a receber;
  • Contas a pagar;
  • Investimentos;
  • Dívidas da empresa;
  • Gastos pontuais.

Alguns gastos podem ser evitados ou remanejados para outros meses, caso haja necessidade, tais como: contratações, compra de novos equipamentos, entre outros.

Não misture pessoal com profissional

Essa é uma dica que pode parecer um pouco invasiva, mas quando se trata de um negócio, é preciso estar atento a alguns padrões desempenhados ao longo do tempo.

É preciso que decisões sejam tomadas de maneira estratégica, pensando sempre no futuro da empresa e em como ela pode se desenvolver ao longo do tempo.

Nesses casos, o racional deve sempre falar mais alto do que o emocional.

Resumindo o que você leu sobre fluxo de caixa para academias:

  • Controle as finanças e foque no sucesso;
  • Verifique o seu caixa todos os dias e faça anotações pertinentes;
  • Pense em curto, médio e longo prazo. Mas seja realista!;
  • Tenha um planejamento;
  • Faça análises do capital de giro;
  • Não misture pessoal com profissional.

 

Para complementar o que abordamos anteriormente, disponibilizamos um material gratuito para que você possa melhorar o planejamento financeiro da sua academia. Acesse o conteúdo clicando abaixo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Sem comentário ainda, deixe o seu abaixo!


Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat