Transmissão do coronavírus: estudo norueguês não detecta casos nas academias

Conheça os principais detalhes do estudo que traz informações animadoras sobre as academias!

Com a reabertura das academias, uma das maiores preocupações dos gestores e colaboradores é combater a transmissão do coronavírus nos espaços.

Afinal, é necessário promover um ambiente seguro e não correr o risco de ter o estabelecimento fechado novamente por conta de novas medidas de prevenção.

Mas e se a gente disser que um estudo norueguês trouxe ótimas notícias sobre o índice de contaminação do vírus dentro das academias?

 

É animador para o nosso segmento, concorda?  

O primeiro estudo randomizado realizado com o objetivo de testar se quem frequenta a academia tem maior risco de infecção em relação a quem não pratica atividade física não indicou nenhum caso da Covid-19 surgido dentro dos estabelecimentos. 

Mas vale lembrar que os bons resultados obtidos no estudo se devem a um fato muito importante: os estabelecimentos fitness estavam seguindo as recomendações de biossegurança necessárias. 

Para entender mais sobre o estudo e o seu impacto para o setor de academias, continue lendo o nosso artigo. Boa leitura!

Conheça o estudo norueguês sobre a transmissão do coronavírus nas academias

Liderados pelo professor Michael Bretthauer, pesquisadores da universidade de Oslo selecionaram 3.764 membros sem comorbidades relevantes de cinco academias, cujas idades variam entre 18 e 64 anos. 50% deles puderam acessar os estabelecimentos a partir do dia 22 de maio para a prática de atividade física intensa.

Os participantes seguiram os protocolos de biossegurança desenvolvidos pelo Instituto Norueguês de Saúde Pública. As principais medidas eram:

  • Lavar as mãos;
  • Manter o distanciamento social (um a dois metros);
  • Não utilizar saunas;
  • Limpeza de superfícies e máquinas com desinfetantes antes e após o uso;
  • Controle do número de visitas por hora para evitar aglomerações.

No dia 8 de junho, todos foram submetidos aos testes de detecção de SARS-CoV-2 PCR e, como resultado, não houve a detecção de casos entre os alunos que estavam se exercitando nas academias de ginástica. 

Além disso, nenhum funcionário foi diagnosticado com a doença!

Concluindo o estudo, ficou claro que as medidas preventivas (higiene + distanciamento social) são altamente eficazes para impedir a propagação do vírus, além de evitar novos danos econômicos ao segmento fitness.

Ou seja, as academias são seguras e promovem saúde!

Se o seu estabelecimento seguir a nossa cartilha de recomendações, ele estará mais seguro que shoppings e supermercados!

Além disso, as academias são locais de prevenção à saúde e geração de bem-estar aos membros. Quando pensamos nos benefícios, vale lembrar que o seu aluno irá encontrar alívio do estresse, melhora da saúde e fortalecimento da imunidade, por exemplo.

Logo, quando os órgãos públicos em seu município autorizarem a volta das atividades, esteja preparada(o)! Enquanto o dia não chega, cuide da comunicação com o seu aluno, para que ele esteja confiante para retornar o mais breve possível.

Para auxiliar na comunicação com a sua equipe e membros sobre a importância do segmento fitness como um promotor de saúde, não deixe de compartilhar os vídeos a seguir:

  • Para a sua equipe, acesse o vídeo para Download (verifique o download do material em sua galeria ou na pasta de downloads do seu celular.)
  • Para os seus alunos, acesse o vídeo para Download (verifique o download do material em sua galeria ou na pasta de downloads do seu celular.)

Para você, gestor fitness, separamos alguns conteúdo que podem ajudar você a voltar em segurança e conquistar (ou reconquistar) alunos. Veja:

E não deixe de compartilhar nas redes sociais que as academias são estabelecimentos seguros e promovem saúde! Basta publicar o seu conteúdo, utilizar as hashtags #academiassaoseguras e #exercicioesaude e marcar a @acadbrasil no post.

 

REPASSANDO O QUE VIMOS NESTE POST

    • Com a reabertura das academias, uma das maiores preocupações dos gestores e colaboradores é combater a transmissão do coronavírus nos espaços; 
    • Mas a boa notícia é que um estudo norueguês confirmou que as academias são realmente seguras e promotoras de saúde!;
  • Os bons resultados obtidos no estudo se devem a um fato muito importante: os estabelecimentos fitness estavam seguindo as recomendações de segurança necessárias;
  •  Liderados pelo professor Michael Bretthauer, pesquisadores da universidade de Oslo selecionaram 3.764 membros sem comorbidades relevantes de cinco academias. Como resultado, não houve detecção da transmissão de coronavírus nos espaços;
  • Ou seja, as academias são seguras e promovem saúde!

 

Para você que irá reabrir o seu estabelecimento, nós preparamos um guia prático e de fácil acesso, para que você possa checar diariamente as principais partes da sua academia e garantir que ela está pronta para reabrir.

Quais áreas você irá conferir com o auxílio do nosso material? A piscina, as salas de aulas coletivas, a parte de musculação/peso livre, a recepção e os aeróbicos.

 

Acesse o material agora mesmo clicando no banner a seguir!

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Sem comentário ainda, deixe o seu abaixo!


Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat